Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.

home . empresa . Novidades

15.05.2018

7 passos de como ter casa própria

Quer saber como fazer para ter a casa própria? Ótimo, você veio ao lugar certo!

Em qual momento da sua vida você se encontra atualmente? Ainda está morando com os pais ou está no aluguel?

Essa pergunta é importante, pois quando você decide que está na hora de ter a sua própria casa é chegado o momento de deixar algumas coisas de lado e começar a economizar.

As finanças ficarão um pouco mais apertadas, caso esteja morando de aluguel. Porém se ainda estiver com os pais, será mais folgado fazer essa economia.

Veja o que temos para você!

Como ter casa própria

Preparamos esse artigo com o objetivo de te ajudar a alcançar o seu grande sonho de adquirir a casa própria.

Vamos indicar todo o caminho que você deverá percorrer durante essa etapa da sua vida.

Os passos listados abaixo são fundamentais para o planejamento da compra de um imóvel sem dores de cabeça. Veja quais são eles:

Passo 1: Avalie a sua situação financeira

É isso mesmo! Parece óbvio que o primeiro passo para ter a casa própria seria iniciar as pesquisas pelos imóveis, mas não. Seria um erro começar dessa forma.

Analisar as finanças deve ser a primeira coisa a ser feita, pois só assim você vai saber o quanto já tem disponível para investir e o quanto vai precisar economizar ainda.

Comece respondendo as seguintes perguntas: normalmente, quanto sobra do seu salário todo mês? Você costuma utilizar essa ?sobra? ou deixa guardada? Com o que você costuma gastar? Quais são as suas despesas fixas?

Dessa maneira você terá uma visão mais clara do destino que tem dado ao seu dinheiro.

Indicamos que após fazer essa análise das finanças você comece a poupar cerca de 30% da sua renda mensal até que consiga juntar uma boa quantia para dar entrada no seu imóvel.

Passo 2: Defina o melhor tipo de imóvel para você

Já organizou as suas finanças? Agora pode escolher o tipo de imóvel que você deseja.

Prefere casa ou apartamento?

Para tomar essa decisão você precisa perceber quais são as suas principais necessidades.

Quem opta por um apartamento tem o limite de não poder fazer grandes reformas ou ampliações do imóvel. Por outro lado, há a vantagem de ter segurança sem grandes custos, o que gera uma sensação de liberdade.

Morar numa casa, por sua vez, traz as vantagens de ampliação ou reforma a qualquer momento, sem ser necessário consultar os vizinhos ou um síndico. A desvantagem é que os cuidados com a segurança passam a ser responsabilidade exclusiva dos donos da casa, o que torna qualquer investimento nisto muito caro. A não quando a casa é dentro de um condomínio.

Novo ou usado?

Aqui é preciso levar em consideração o valor que custará para deixar o ambiente em condições de moradia, caso a sua escolha seja um novo. Isso seria colocar armários, finalizar banheiro, entre outros ajustes necessários. O que significa que o seu imóvel ficaria com a sua cara.

Já o usado ?poderia? eliminar alguns custos do seu orçamento. Porém os gastos com a compra do imóvel será maior, pois a inclusão de armários embutidos, espelhos, entre outros ajustes valorizará a residência fazendo com que o valor aumente.

Nesse caso você terá que colocar na balança o que realmente é válido para você: comprar um imóvel novo e pagar para fazer tudo aos poucos a sua maneira ou comprar um usado com alguns itens inclusos e pagar um pouco mais caro no imóvel.

Pronto ou na planta?

Pense: eu tenho urgência em me mudar? Se a resposta for sim, o ideal é que você opte por um imóvel pronto, assim será possível organizar a mudança com mais agilidade.

Mas se a resposta for não, um imóvel na planta será uma ótima opção. Você terá que aguardar um pouco até que ele esteja pronto para ser entregue, mas terá vantagens na hora do pagamento, pois esses empreendimentos costumam ser mais baratos em relação aos prontos.

Passo 3: Guarde 20% do valor do imóvel

Porque esse é o terceiro passo e não o segundo?

Por que nesse momento você já sabe o tipo de imóvel que está desejando. No primeiro passo, você sentou, organizou toda a sua renda, viu como tem sido os seus gastos e já começou a guardar um dinheiro.

Agora que você já deve ter uma noção do valor do seu imóvel, será possível ter noção do tempo que levará para ter uma quantia necessária para dar de entrada.

É indicado que você consiga guardar de 20% a 30% do valor do imóvel desejado, pois é o valor mínimo que os bancos costumam aceitar de entrada para dar início a um financiamento.

Se for possível guardar uma quantia maior, ótimo, isso diminuirá os juros e o tempo do financiamento.

Passo 4: Avalie o custo de vida da região escolhida

É hora de escolher a cidade e o bairro que você vai morar, certo?

É muito importante que avalie bem o custo de vida das regiões que for do seu interesse.  A vizinhança influencia diretamente em seu orçamento.

Então observe o que o local tem a te oferecer, e se os custos cabem realmente no seu bolso.

Conheça um pouco sobre Vila Velha em nosso post.

Passo 5: Economize para as despesas extras

Você pensou que só precisaria economizar para o pagamento do imóvel?

Espero que não, porque depois que fechar o negócio, seja ele à vista ou através de um financiamento, você terá outras despesas, que serão inicialmente com escritura, registros, certidões do imóvel e Imposto de Tramitação de Bens Imóveis (ITBI) cobrado pela prefeitura.

Um futuro proprietário de um imóvel precisa estar preparado para arcar, também, com esses gastos.

Passo 6: Saiba quais são as suas opções de pagamento

É a hora de decidir como irá pagar o seu imóvel: à vista ou através de financiamento? Veja o qual é melhor para você!

À vista: ainda que sejam poucas as pessoas com condições de adquirir um imóvel à vista, não podemos dizer que essa é uma alternativa impossível.

Antes de mais nada, é preciso avaliar se ficará completamente descapitalizado, quanto tempo levará para obter o valor integral do imóvel e se valerá a espera.

É importante lembrar que é possível utilizar o Fundo de Garantia (FGTS) para auxiliar no pagamento da casa própria.

Financiado: atualmente é o método mais utilizados pelos brasileiros na hora de comprar a casa própria.

Se essa também for a sua opção, é fundamental pesquisar bem para descobrir quais são os bancos que oferecem as melhores condições de pagamento, com taxas de juros menores.

Saiba que no financiamento também é possível utilizar o FGTS para diminuir os valores das prestações.

Para mais informações sobre financiamento imobiliário, leia o nosso artigo: Descubra qual o melhor tipo de financiamento imobiliário para você.

Passo 7: Pense bem caso esteja em início de carreira

Caso você seja um profissional em início de carreira, possivelmente ainda está buscando por estabilidade no emprego, o que não é uma regra. Mas se for essa a sua situação, vá com calma.

Empregos instáveis geram insegurança, pois existe a possibilidade de o funcionário ter que mudar de cidade ou até mesmo de ser desligado repentinamente da empresa, e se nesse momento estiver comprometido com um financiamento será bastante complicado.

Dessa forma, é bom refletir se realmente é a hora de comprar a casa próprio ou se é melhor economizar um pouco mais.

Preparado para comprar o seu imóvel?

O que achou de todos esses passos? A caminhada até a casa própria pareceu longa para você?

Não se preocupa com isso, não. Tudo vai depender de você seguir todas as etapas direitinho, para garantir uma compra assertiva, sem arrependimentos posteriores. Então faça tudo com cautela.

Na Città temos empreendimentos que com certeza irão atender às suas necessidades, pesquise com a gente também, clica aqui para saber mais sobre eles.

Conhecendo a Città Engenharia

A Città Engenharia está há mais de 20 anos no mercado de construções, respondendo por empreendimentos com alto índice de valorização, devido a qualidade, localização e suas áreas de lazer.

A Città é responsável pela construção de mais de 300 mil m² de área construída nos melhores endereços de Vila Velha e Vitória, onde mantém o compromisso com os imóveis entregues e sendo reconhecida pela satisfação total dos clientes.

Estamos entre as construtoras com maior presença no mercado imobiliário do Espírito Santo.

Quer ter mais informações sobre nossos empreendimentos? Fale agora mesmo com um de nossos corretores.

Voltar

Não encontrou o imóvel do seu sonho?

Fale com um consultor agora e conheça as melhores opções para você!

ENTRAR NO CHAT