Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.

home . empresa . Novidades

22.04.2018

Como comprar imóvel em entrada?

Está pensando na compra do seu imóvel e quer saber como funciona a entrada do financiamento imobiliário? Será que é possível comprar imóvel sem entrada?

Bom, é importante mesmo que você busque informações sobre como ocorre o pagamento desses valores e quanto você precisa ter em mãos, pois evita futuros mal-entendidos.

Neste post você vai poder tirar todas as suas dúvidas quanto ao funcionamento, a renda necessária, os encargos que surgem após a entrada e, por fim, ao financiamento sem entrada.

Segue com a gente!

Como funciona o financiamento de um imóvel

O financiamento imobiliário funciona da seguinte forma: você contrata um empréstimo através de uma instituição financeira, com a finalidade de adquirir um imóvel.

É como se essa financeira escolhida por você quitasse o imóvel à vista, onde a sua dívida deixa de ser com a construtora e passa a ser diretamente com ela.

É um procedimento simples de compreender. Mas claro: o financiamento é um empréstimo, sendo assim, cuidado com os juros embutidos nas parcelas que serão pagas à instituição contrata.

Agora que você já sabe como funciona o financiamento de um imóvel, vamos ver como funciona e quanto é preciso dar de entrada.

Quanto preciso de entrada para financiar um imóvel?

Sabia que o financiamento imobiliário é uma das alternativas mais utilizadas na hora de comprar uma casa ou apartamento?

Verdade! Existem inúmeras formas de fazer um financiamento. Isso se dá, principalmente, devido a grande quantidade de bancos e construtoras presentes no mercado.

Esse é um dos motivos que faz com que o valor de entrada varie de financeira para financeira.

Valor mínimo da entrada

Através do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) o valor mínimo necessário para a entrada de um financiamento imobiliário é de 20% do valor do imóvel.

Dependendo do valor do imóvel, da renda e da idade da pessoa, é possível financiar até 50% do valor do imóvel.

Independente da instituição financeira escolhida, por via de regra, para que seja possível obter o crédito do financiamento é preciso comprovar a renda bruta familiar, para que seja feita a análise de compatibilidade com as parcelas a serem pagas.

Alguns bancos estabelecem um patamar mínimo do comprometimento da renda de 25%, podendo chegar até 30%.

Outros permitem que o comprometimento chegue até 35% da renda, o que é um valor bastante elevado, levando em consideração o tempo que poderá durar o financiamento.

Para diminuir o valor da parcela é interessante que o valor da entrada possa ser maior, assim você precisará financiar menos com a instituição financeira.

Então, você está preparado para contratar um financiamento para compra do seu imóvel? Veja qual será o passo seguinte!

O que preciso pagar após a entrada do financiamento?

Para a realização do seu sonho alguns outros custos se fazem necessários.

Veja quais são os outros gastos com os quais terá que arcar durante esse processo:

É necessário que o imóvel esteja no seu nome, para que ele possa ser considerado seu legalmente. Para isso é preciso ter a escritura e o registro do instrumento particular de compra e venda.

Quem contrata um financiamento, possui um contrato com o banco que tem a validade de uma escritura pública de compra e venda, mas o registro deve ser feito em cartório.

Além disso, tem o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), cobrado pela prefeitura, que corresponde a 2% do valor do imóvel.

E não podemos esquecer das certidões do imóvel.

Todos esses procedimentos geram custos. Ou seja, se você ainda não tem uma boa quantia guardada, talvez seja preciso economizar um pouco mais, para arcar com toda essa despesa.

Consigo comprar imóvel sem entrada?

A casa própria está entre os principais desejos dos brasileiros e cada vez mais esse desejo vem se tornando possível, devido às facilidades encontradas hoje na hora da compra.

Porém, muitas famílias têm o seu sonho frustrado logo no início, que é na hora de pagar o valor de entrada do financiamento.

Pois muitas ainda não sabem que existe uma alternativa para a compra do imóvel sem entrada

Sim, no Brasil existe uma maneira viável de financiar o valor total do imóvel, e pagar somente as parcelas que variam de acordo com a renda familiar mensal.

Chega de suspense!

A compra do imóvel sem entrada pode ser feita através do programa Minha Casa Minha Vida.

Como já foi dito, o financiamento sem entrada envolve o pagamento de parcelas destinadas a quitar o valor integral do imóvel.

Poucas são as instituições financeiras que trabalham com a utilização do programa Minha Casa Minha Vida, entre elas estão: Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

Talvez por isso a informação referente ao financiamento sem entrada ainda seja pouco difundida entre as pessoas que buscam pela casa própria.

De acordo com o Conselho Regional de Corretores de São Paulo (CRECI-SP), a Caixa Econômica Federal foi a única instituição financeira que declarou aceitar o financiamento imobiliário sem entrada.

Quais os pré-requisitos para conseguir o financiamento sem entrada?

É importante esclarecer uma questão: para que seja viável o financiamento do valor total do imóvel é preciso que ele esteja em construção.

Agora veja quais são os outros pré-requisitos nos quais um beneficiário do programa Minha Casa Minha Vida precisa estar enquadrado para adquirir o financiamento do imóvel sem entrada:

1) Ser maior de 18 anos ou ser emancipado;

2) Possuir Cadastro de Pessoa Física (CPF);

3) Não possuir imóvel próprio;

4) Não ter sido beneficiado em outros programas habitacionais;

5) Deve morar ou trabalhar há, no mínimo, 3 anos no município em que deseja adquirir;

6) Não ter registro no Cadastro Nacional de Mutuários (CADMUT).

Hoje a adesão ao financiamento do imóvel através do programa Minha Casa Minha Vida só é possível através de instituições financeiras ligadas ao governo.

Então é bom se manter sempre atento quanto às propostas que não se enquadrem nas informações que passamos para você.

Pronto para financiar seu imóvel?

Se sente pronto agora? Que tal conhecer os empreendimentos da Città?

Uma dica que temos para você é: procure pela região em que deseja morar imóveis compatíveis com a sua renda ou da sua família. Deste modo ficará mais fácil na hora de fechar negócio.

Nos sites dos próprios bancos existe uma área destinada a simulações, onde você pode comparar sua renda, com o valor do imóvel e obter uma prévia do valor para as parcelas. Não deixe de fazer essa simulação.

Esperamos que tenha conseguido tirar as suas dúvidas quanto a poder financiar um imóvel sem entrada.

Agora que você já tem as informações, já pode começar a considerar a possibilidade de financiar a sua casa própria.

Conhecendo a Città Engenharia

A Città Engenharia está há mais de 20 anos no mercado de construções, respondendo por empreendimentos com alto índice de valorização, devido a qualidade e localização.

A Città é responsável pela construção de mais de 300 mil m² de área construída nos melhores endereços de Vila Velha e Vitória, onde mantém o compromisso com os imóveis entregues e sendo reconhecida pela satisfação total dos clientes.

Estamos entre as construtoras com maior presença no mercado imobiliário do Espírito Santo.

Quer ter mais informações sobre nossos empreendimentos? Fale agora mesmo com um de nossos corretores.

Voltar

Não encontrou o imóvel do seu sonho?

Fale com um consultor agora e conheça as melhores opções para você!

ENTRAR NO CHAT