Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.

home . empresa . Novidades

28.03.2018

Sustentabilidade na construção civil: entenda como funciona

Hoje em dia é cada vez mais comum ouvir e ver o termo sustentabilidade sendo usado em todo o canto: nos mercados de moda, gastronomia, confecções, produtos e até na construção civil.

Com certeza você já viu os termos desenvolvimento sustentável e sustentabilidade passando por suas rodas de conversa com amigos e até nas redes sociais da internet.

Mas você sabe o que é sustentabilidade e desenvolvimento sustentável?

As duas palavras têm o mesmo sentido?

No desenvolvimento deste artigo vamos te explicar o significado desses dois termos e como esses conceitos vêm sendo aplicados no ramo da construção civil.

Vamos lá?!

Entenda o Desenvolvimento sustentável

A onda de destruição gerada pelas duas Grandes Guerras mostraram à humanidade uma coisa que hoje nos parece óbvia: a natureza não é infinita e precisa ser explorada com responsabilidade. Nesse contexto se desenvolvem as primeiras discussões sobre desenvolvimento sustentável.

Esse modelo de desenvolvimento objetiva o aproveitamento dos recursos naturais de forma responsável, estabelecendo metas para a redução da poluição e exploração desordenada da natureza. Ou seja, aproveitar os recursos que a natureza oferece de tal maneira que eles estejam disponíveis para o uso das futuras gerações.

Os investimento em tecnologia limpa, reciclagem, entre outras, são tendências geradas pelo desenvolvimento sustentável.

Entendendo a Sustentabilidade

A sustentabilidade, por sua vez, acontece a partir do desenvolvimento equilibrado de três pilares fundamentais o: social, econômico e ambiental.

Sustentabilidade não é sinônimo para miséria ou pobreza - como pensam alguns -, muito menos para incentivo a elas.

O que acontece numa gestão sustentável é o uso moderado dos recursos, respeitando as pessoas envolvidas na exploração e tratamento destes e sem desprezar a geração de riquezas e renda.

É objetivo desta teoria, eliminar as desigualdades sociais, parear a distribuição da riqueza e humanizar os sistemas de administração de pessoas nas empresas e outras organizações, por exemplo.

A economia criativa, solidária, as cooperativas e outros modelos de organização social são fruto do desenvolvimento do pensamento sustentável nas sociedades.

Trocando em miúdos: o desenvolvimento sustentável tem por foco a natureza e seus recursos; a sustentabilidade centraliza o desenvolvimento humano, promovendo os aspectos sociais, econômicos e ambientais.

Sustentabilidade na construção civil

Nesse contexto, o mercado da construção civil não pôde ser deixado de lado. As construções acompanham a história da humanidade e, desde o princípio, elas são a atividade humana responsável pelo maior consumo de energia e recursos naturais.

Além disso, este setor é o maior gerador de resíduos e poluição. Para você ter uma ideia, segundo o Conselho Internacional da Construção ? CIB, a construção civil é responsável por gerar cerca de 50% dos resíduos sólidos produzidos no planeta!

Tendo isso em vista, foram sendo estabelecidos limites para a exploração dos recursos oferecidos pela natureza para a construção civil. E é a partir da percepção da necessidade de desenvolvimento sustentável na construção que o conceito de sustentabilidade é incorporado a essa área.

Para um modelo de construção sustentável coerente, alguns passos precisam ser dados. E o primeiro deles é adotar um modelo de desenvolvimento sustentável na construção, em outras palavras investir em diminuir os danos à natureza.

Para isso, algumas atitudes devem ser tomadas. São exemplos:

1)a redução do lixo gerado, das demolições e do desperdício de materiais;

2)o investimento em geração de energia limpa;

3)a economia no uso de energia e recursos naturais;

4)a criação de uma cultura de reaproveitamento de materiais.

O passo seguinte tem a ver com a ampliação do conceito de sustentabilidade para os setores econômico e social.

Assumindo esse compromisso, às construtoras se comprometem a criar um ambiente de incentivo às comunidades vizinhas, às suas construções, bem como ao desenvolvimento humano e social destes.

Por isso, políticas de valorização de funcionários, suas famílias e respeito às regiões onde as construções serão desenvolvidas é muito importante.

Apoio à redes de economia solidária ou criativas, cooperativas, associações de moradores; a criação de eventos de capacitação de colaboradores; o incentivo à coleta seletiva - seja através de campanha ou ações educativas - e a educação da comunidade ao redor; são outros exemplos de sustentabilidade no processo de construção civil.

Quando uma construção é considerada sustentável?

Para ser considerada sustentável, a construção de um imóvel precisa cumprir uma cartela de cuidados quanto à edificação, áreas externas e aos materiais e a energia utilizados.

Cuidados com a edificação

Sobre a edificação e áreas externas, os cuidados recomendados são:

1)Adequar o projeto ao clima local, construindo os prédios com respeito a direção dos ventos, posição de incidência solar, etc. Essa simples adequação pode reduzir os gastos de energia com eletrônicos, como ventiladores ou aquecedores, por exemplo;

2)O imóvel precisa ter uma estrutura simples, por isso, adaptável sem a necessidade de quebras ou reformas muito custosas. Pense na seguinte ilustração: você vai vender seu apartamento para um cadeirante, a estrutura do apartamento deve ser adaptável a realidade de uma cadeira de rodas, passar por portas ou se locomover pela casa têm de ser possível sem a necessidade de quebrar paredes, por exemplo, o que geraria ainda mais lixo para o meio ambiente;

3)A criação de coberturas verdes e suspensão da construção do solo também devem ser considerados;

4)Nas áreas externas, utilizar plantas nativas, investir em hortas e outros tratamentos paisagísticos;

5)Para a construção de pavimentação, investir no uso de materiais reciclados é essencial.


Quais materiais escolher na construção?

Na hora de escolher os materiais de construção, três cuidados são fundamentais:

1. Priorizar o uso de materiais pouco processados, recicláveis ou reciclados, madeira reflorestada, etc;

2. Evitar o uso de materiais químicos prejudiciais à saúde ou ao meio ambiente; e

3. Reduzir ao máximo a produção de lixo, reutilizando e reciclando materiais, além de não desperdiçar o que está sendo utilizado.

Aproveitamento de energia

Por último, quanto ao uso de energia, vale considerar:

1)A instalação de placas fotovoltaicas para a captação de energia solar;

2)Utilizar a energia solar para o aquecimento da água;

3)Usar energia eólica para o bombeamento da água;

4)Utilizar dispositivos para economia de água;

5)Reutilizar águas;

6)Tratamento e descarte correto do esgoto.

Um exemplo de movimento sustentável em Vila Velha - ES

Na cidade de Vila Velha - ES,  temos o exemplo de um movimento, formado por moradores, que desde o final dos anos 90 vem desenvolvendo ações que envolvem o desenvolvimento sustentável e, por consequência, de um futuro melhor para o município, o Movive.

As ações incluem importantes projetos de interesse social e ações de interesse ambiental, como por exemplo:

1)o Banco Comunitário Terra;

2)o Bazar Social Arte Solidária;

3)as Feiras de Economia Solidária;

4)a Rede de Desenvolvimento Sustentável;

5)a Rede Vilavelhense de Economia Solidária;

6)o programa de turismo de base comunitária ?Nossa Terra, Nossa Arte?;

7)o projeto piloto de ?Coleta Seletiva de Lixo?;

8)o banco Comunitário Verde Vida;

9)a fábrica escola de sabão ecológico ?Verde Vida?;

10)a Agência de Desenvolvimento Comunitário;

11)o Centro de Formação em Economia Solidária;

12)o Movimento Vida Nova Vila Velha;

13)a instalação dos PEV?s (Pontos de Entrega Voluntária de lixo);

14)a capacitação de catadores para a gestão coletiva da Associação de Recicláveis de Vila Velha (REVIVE);

15)a Rede Trabalho (Acessuas Trabalho), um programa de promoção do acesso ao mercado de trabalho que busca a autonomia de famílias atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Ficou surpreso com a variedade de projetos que a Movive vêm desenvolvendo ao longo desses mais de 20 anos?

Nós da Città Engenharia acreditamos neste movimento e nos pautamos nos mesmos princípios, que são  trabalhar em prol do crescimento da cidade, com a perspectiva de deixá-la ainda mais habitável, segura e com incentivo ao turismo que ela merece.

Afinal, trata-se de um município com praias lindas, parques, museus e boa gastronomia. Uma região que a cada dia recebe ótimos investimentos principalmente no mercado da construção civil.

Aproveitando, fizemos uma lista com as vantagens de morar em Vila Velha, clica aqui.

Conhecendo a Città

A Città Engenharia está entre as construtoras com maior presença no mercado imobiliário de Espírito Santo.

Há mais de 20 anos no mercado, respondemos por mais de 300 mil m² de área construída nos melhores endereços de Vila Velha e Vitória, onde mantemos o compromisso com os imóveis entregues e somos reconhecidos pela satisfação total dos nossos clientes.

Voltar

Não encontrou o imóvel do seu sonho?

Fale com um consultor agora e conheça as melhores opções para você!

ENTRAR NO CHAT